Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

...

Deus

Às vezes sou o Deus que trago em mim
E então eu sou o Deus e o crente e a prece
E a imagem de marfim
Em que esse deus se esquece.

Às vezes não sou mais do que um ateu
Desse deus meu que eu sou quando me exalto.
Olho em mim todo um céu
E é um mero oco céu alto.

                    Fernando Pessoa

publicado por CC às 09:25
link do post | comentar | favorito


eu sou

pesquisar

 

liga 760 30 30 31

posts recentes

...

Twitter

visitas

arquivos

Coordenação Nacional para a Infecção do VHI/SIDA

divulga! pede o código

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds